Por que todo negócio deveria ter um site?

Recentemente (Março de 2019) os servidores que abrangem Facebook, Whatsapp e Instagram (todos do Facebook) apresentaram lentidão, trazendo desespero aos seus usuários e principalmente aqueles que dependem da ferramenta para negócios. Lembrando, que o objetivo principal de uma rede social não era “ganhar dinheiro com seu negócio” era apenas social.

As empresas entenderam que “onde tem gente, lá deve estar o meu negócio” apontou por lá e desde então, ferramentas como Instagram, que antes era um aplicativo para most era apenas uma rede social online de compartilhamento de fotos e vídeos entre seus usuários e que permite aplicar filtros digitais… passou a ser a ferramenta principal de negócios.

Mas, queremos lembrar que os usuários são donos de cada perfil criado nessas redes sociais, mas não são donos da ferramenta ou da rede. Então não é “meu facebook”, na verdade o Facebook tem dono e não é o usuário, ele é apenas usuário.

O que quero dizer com isso? Que de um dia para o outro a ferramenta pode morrer. Sim, deixar de existir.

Listamos aqui três grandes sucessos em redes sociais num passado recente, ou nem tão recente assim. Fizeram um enorme alvoroço na vida das pessoas e, tempos depois, fecharam as portas.

1 – Friendster. Considerado a primeira rede social on-line do mundo, surgiu antes de 2002, ou seja, é anterior ao MySpace, ao Orkut e ao Facebook. Conseguiu 3 milhões de usuários, saiu na mídia internacional, mas depois perdeu mercado. Fez sucesso também no Brasil, embora muito menos que o Orkut.

2 – Formspring. Lançado em 2009, conquistou rapidamente adeptos como um quiz sobre o usuário, depois mudou de nome e caiu em desuso por não oferecer uma plataforma segura em dados e por dar vazão ao cyberbullying.

3 – Orkut. Um verdadeiro clássico para brasileiros. Um engenheiro do Google chamado Orkut lançou a rede que logo começou a fazer sucesso por aqui em 2004. “Scraps” e “testemunhais” eram uma febre, fora as comunidades. Fechou as portas em 30 de setembro de 2014, após resistir, por muito tempo, à ascensão do Facebook.

Ou seja, a ferramenta que chamamos de “nossa” pode um dia ir embora e todas as transações dentro dela por ir embora também. O mesmo não acontece por exemplo com um site, criado exclusivamente para negócio.

10 motivos para você ter um site:

O site é seu, você paga pelo registro do domínio (endereço do site) e renova o tempo que quiser.

O seu negócio aberto 24 horas do dia, durante os 365 dias do ano; – Você pode ganhar dinheiro dormindo. Ao acordar você pode acompanhar a performance de vendas.

Apresenta uma imagem profissional – uma excelente maneira de induzir confiança e credibilidade; É possível desenvolver um marketing mais eficiente – você poderá criar anúncios mais econômicos que façam referência ao seu site, assim no seu site você detalha ainda mais as características do seu produto ou serviço;

O seu catálogo ou portfólio pode ser alterado a qualquer momento – é mais fácil, econômico e rápido de alterar que o material impresso. As suas capacidades são quase ilimitadas e permitem mais e melhor informação aos seus clientes;

Alcance novos mercados com uma audiência global – o seu mercado passa a ter o potencial para ser visto por milhões em todo o mundo.

Agilidade no atendimento e informação imediatamente disponibilizada – vendas e pedidos de informação, podem ser processados de forma automática e imediata. Formulários online podem ser utilizados para permitir aos seus clientes o pedido de orçamentos ou informações adicionais. Poupe nos custos, permitindo que possam fazer o download de propostas e outros documentos importantes;

Recolher informações valiosas – ainda sobre os formulários online: com eles o empreendedor pode obter informações importantes sobre o mercado e os seus clientes. Esta ferramenta é excelente para auxiliar ações de mercado, na hora de fazer promoção dos seus produtos e serviços;

Fortalecimento da marca – construir uma marca de valor pode levar muito tempo e demandar um grande esforço, porém a Internet pode encurtar um pouco este caminho. Para isso, o seu site deve ser funcional, ter um carregamento rápido e ser útil ao usuário, ou seja, navegar pelo seu site deve proporcionar aprendizado. Todo esse conjunto transmitirá a ideia positiva sobre o seu negócio;

Baixo investimento – utilizar o site de uma empresa como meio de comunicação não é custo e sim investimento. Os investimentos são baixíssimos, levando em consideração o alcance geográfico, tempo de exposição e flexibilidade na manutenção. Excelente relação custo x benefício, se comparado com qualquer mídia convencional, como televisão, jornais e rádio. Vemos que o custo benefício é compensador para a empresa que investe na criação de um site institucional.

Visibilidade aumentada – um site bem organizado passar a impressão de que uma empresa é maior do que ela realmente é. Isso, naturalmente, gera credibilidade no mercado que já consagrou empresas bem maiores do que a sua.

Ou seja, todas as ferramentas e redes socais são bem vindas para negócios, mas nenhum deles dá tanta credibilidade quanto ter um site.

Se você precisa de um profissional para criar um site, aqui é seu lugar. Entre em contato conosco no formulário abaixo.

Serviços

Que serviço você gostaria de contratar com a gente?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *